Potencial Mercado de Clients Android para Magic xpa Atinge 400 Milhões de Dispositivos

11/09/2012 – Terça-Feira à noite Andy Rubin, Vice Presidente de Mobile e Conteúdo Digital do Google anunciou que “existe meio bilhão de ativações android até a data de hoje, com aproximadamente 1.3 milhões adicionados todos os dias.”

49608d1324528534-android-wallpaper4_1024x768

O aumento de 900.000 ativações Android por dia em Junho/2012 para 1.3 milhões por dia nos dias de hoje demonstra um crescimento considerável da plataforma.

Para os desenvolvedores de apps móveis isto significa que existe um número crescente de compradores de apps. A Plataforma de Aplicação Magic xpa permite a você desenvolver aplicações que atinjam 81,7% dos 500 milhões de dispositivos Android ativados. Em outras palavras, todos os dispositivos desde o lançamento do Android 2.3. Então enquanto desenvolvedores da versão ice cream sandwich estão celebrando a possibilidade de atingir 100 milhões de usuários, os desenvolvedores da Plataforma de Aplicação Magic xpa estão comemorando a possibilidade de atingir um mercado potencial de mais de 400 milhões de dispositivos Android com o Client Android Magic xpa. O Client Android Magic xpa supera o problema da fragmentação da plataforma Android (além das questões de fragmentação entre as plataformas).

O que é o Client Android Magic xpa? O Client Android Magic xpa é um dispositivo nativo com uma aplicação OS RIA desenhada para tirar vantagem das capacidades do dispositivo móvel, conectado a um servidor escalável e robusto. O Client Android Magic xpa executa um subconjunto de capacidades do Client .NET Desktop Magic RIA , que são aplicáveis no dispositivo Android.

Ao desenvolver apps para Clients Android Magic xpa é importante lembrar que o Android, por ser um sistema operacional multitarefas, apenas um app aparece no primeiro plano enquanto todos os outros rodam em backgroud. Apenas para ser claro: apps rodando em background não tem acesso às telas. Entretanto, usuários podem ver e trocar entre os apps. Ao apertar o botão “Home”, o app irá do primeiro plano para o background não tem acesso às telas. Entretanto, usuários podem ver e trocar entre os apps. Ao apertar o botão “Home”, o app irá do primeiro plano para o backgroud. Este comportamento é normal e esperado em um celular Android.

O desenvolvedor do Client Android Magic xpa também deve ter em mente que apps podem rodar em múltiplas janelas. Entretanto, o Android suporta um simples modelo de janela onde os modelos inerentemente ocupam uma tela cheia e não podem ser movidas ou redimensionadas para funcionar ao mesmo tempo. Usuários já familiarizados com Android sabem que se deve usar o botão “Back” para fechar a janela atual e retomar para a anterior. Como desenvolvedor você pode também oferecer outras formas para que o programa execute uma Saída do Sistema por conta própria. O Desenvolvimento para um client Android Magic xpa fornece uma maneira para que o app possa executar a Saída do Sistema por conta própria. E o desenvolvedor deve estar preparado para o fato de que o usuário pode finalizar a aplicação ao utilizar o botão “Back” da primeira tela a qualquer momento.

Desenvolvedores Client Android Magic xpa precisam saber que o Android OS suporta operações de arquivos locais utilizando as funções apropriadas. As convenções de nomeação para as pastas locais e os nomes dos arquivos ocorrem de acordo com o Android OS. Em geral, pode ser dito que no Android, nomes não são “Case-Sensitive”; separadores são definidos utilizando uma barra (/) e apps Android podem acessar múltiplas pastas (ao contrário do iOS, que permite acesso apenas à pasta temp).

Os desenvolvedores Magic xpa irão também prestar atenção especial ao uso de fontes e cores nos seus apps Magic para Android. O Android OS tem seu próprio conjunto de fontes que normalmente são diferentes das fontes encontradas no Windows. Como o client mobile RIA utiliza a mesma tabela de fontes que outras interfaces, é recomendado que se defina diferentes entradas para o uso em cada dispositivo. Desde que não seja possível selecionar fontes mobile utilizando caixas de diálogo Windows de modo que as fontes sejam inseridas, você precisa editar a tabela de fontes utilizando um editor de texto. No Android você precisa enviar o nome da fonte e o estilo de fonte que você deseja. O sistema irá encontrar uma fonte que se encontre com a sua. Por exemplo: “AndroidSerif negrito, DroidSerif, 12,0,0, Bold”.

Desenvolvedores devem prestar atenção às cores também. As aplicações Magic Mobile utilizam uma tabela de cores e não suportam as cores do “Sistema” Windows. Você irá programar seu app com os valores RGB para as cores do primeiro plano e do background. O Client Android Magic xpa irá apoiar cores transparentes onde forem aplicadas. Se a cor utilizada no sistema for uma forma ou um controle, então a cor padrão do dispositivo na forma ou no controle será exibida. Nos controles de Edição e dos Botões, para se ver a margem você deve utilizar uma cor com as cores do sistema (para obter o dispositivo padrão).

O Magic xpa fornece as capacidades especiais para obter dados sobre o dispositivo OS, tais como versão específica, número de série do dispositivo e a existência de touch screen. Você pode obter a altura, que varia de dispositivo para dispositivo. E, é claro, você tem acesso ao GPS, que retorna dados de latitude e longitude.

Estas funções específicas do Android estão além das capacidades de um app normal desenvolvido com as ofertas móveis da Plataforma de Aplicação Magic xpa.

Glenn Johnson - Senior VP Magic Software Enterprises Americas
Glenn Johnson – Senior VP Magic Software Enterprises Americas

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.