O Poder da Escolha: Desenvolvendo Aplicações Cliente-Servidor

Glenn Johnson – Senior Vice President – Magic Software Americas

Quando falamos em uniPaaS Magic Software, você vai ouvir muitas vezes nos referirmos ao “Poder da Escolha.” É importante ressaltar que o Poder de Escolha inclui como primeira escolha: o modo cliente-servidor de implantação de aplicativos, às vezes chamado de full client ou open client. A Magic Software está plenamente consciente do forte engajamento de muitos desenvolvedores com o paradigma cliente-servidor e é orgulho a nossa liderança entre  plataformas de aplicações cliente  servidor. O paradigma cliente servidor pode evoluir e melhorar, mas não irá desaparecer. O fato de a mesma plataforma de aplicações fornecer opção para programação e implantação de aplicações Web e  RIA é parte do poder da escolha, mas a primeira escolha de fãs da arquitetura cliente-servidor, é clara.

Uma das áreas chave de escolha na criação de aplicações cliente-servidor é de que todos os controles GUI estão disponíveis no uniPaaS. Os controles GUI uniPaaS  utilizados na programação cliente-servidor são: ActiveX, Check Box, Column, Combo Box, Edit, Horizontal Slider, Image, Line, List Box, OLE, Push Button, Radio, Rich Edit, RTF, Static, Subform, Tab, Table, Tree e Vertical Slider. Com a aplicação cliente-servidor, o desenvolvimento de tarefas interativas e subformulários dá a você um grande controle sobre a interface do aplicativo.

Você pode utilizar um controle de subformulário para integrar uma tarefa de formulário dentro do formulário de outra tarefa, enquanto mantém os dados da tarefa do subformulário movimentando e registrando ciclos de atividades, independente da tarefa pai.

The Power of Choice

Pode-se ver uma série de vantagens ao usar subformulários para o desenvolvimento cliente-servidor. Obviamente, com subformulários você pode estacionar na linha de uma tarefa de pai e ver os detalhes da subtarefa. Isso dá a você o que pode ser descrito como uma relação de uma tarefa para muitas. Além disso, o uniPaaS atualiza automaticamente os dados do subformulário de visualização de dados de acordo com a tarefa pai somente ao passar parâmetros. O uniPaaS também mantém a sua última posição na visualização de dados do subformulário quando você sai e entra novamente. Finalmente, um tab cycle é fornecido para a tarefa subformulário. Vendo por completo você tem um nível muito mais detalhado da interação que é possível. E sim, claro, todo o controle desta GUI está dentro do modo cliente-servidor.

O comportamento do runtime de um subformulário é bastante previsível. No runtime, você pode guiar para o subformulário ou clicar na área da janela do subformulário. O motor de runtime irá estacionar  no primeiro controle na subtarefa. Ao clicar em um local estacionável, o motor do runtime move-se para a subtarefa e estaciona no controle selecionado, que aciona o mecanismo de execução para executar a tarefa de Task Prefix, Record Prefix, e operações Control Prefix. Ao clicar em um local não-estacionável, o motor do runtime move o foco para o subformulário tarefa e estaciona  no primeiro controle estacionável lá.

Quando o motor do runtime instrui o subformulário tarefa para terminar através de um evento Close, clicando fora da área do subformulário, ou por uma condição  End Task, o motor do runtime executa as operações Control Suffix, Record Suffix, e Task Suffix. O foco retorna para o próximo controle na tarefa pai, conforme determinado pela tabbing order e tabbing direction. (Esses comportamentos são diferentes, é claro, no modo RIA).

Quando você retorna para a subtarefa e a exibição de dados não foi atualizada, isso significa que o Range, Locate, Sort, Key, e o Link Join ou Link Outer Join não foram modificados. A subtarefa mantém a mesma página ou registro, que foi exibido pela

última vez. Nenhum tratamento é necessário para uma subtarefa quando a tarefa principal está fechada porque a subtarefa fecha automaticamente quando a tarefa dos pais se fecha.

Para saber mais sobre o desenvolvimento de aplicações cliente-servidor em uniPaaS, baixe o curso online gratuito “Introdução ao uniPaaS Open Client” da Magic University.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.