Choque cultural da mobilidade

McKinsey-What-Matters-Social-Innovation1-300x200A tecnologia móvel não é apenas uma moda, ela vai mudar a cultura de negócios como a conhecemos. Alguns executivos veem mobilidade como um desenvolvimento potencialmente destrutivo que ameaça a segurança e o controle de dados empresariais. Outros percebem a mobilidade como uma ferramenta para agilizar os serviços e aplicativos de TI existentes. Um terceiro grupo reconhece a mobilidade empresarial como oportunidade estratégica que irá mudar a cultura de negócios como a conhecemos, cria uma unidade móvel e coloca um executivo de alto nível no topo para examinar novas oportunidades de negócios, tendências de consumo e o que faz a concorrência.

Infelizmente, o terceiro grupo ainda é uma minoria. A maioria dos gerentes ainda não compreende como a mobilidade irá mudar a cultura de negócios como a conhecemos.

A subestimação do impacto de novas tecnologias não é nenhuma novidade. Muitos varejistas levaram tempo demais para se adaptarem à oportunidade de compras online.

Nos anos 1990, muito poucos negócios previram que enviariam itens a qualquer lugar, processariam devoluções enviadas pelo correio e ofereceriam cupons com base nos padrões de compra online ao mesmo tempo em que protegeriam a privacidade dos dados de seus clientes.

“As três ondas são mobilidade, bigdata e computação em nuvem”

Contudo, aqueles varejistas que logo aderiram à ideia, floresceram.

A Next, uma grande varejista, adotou uma cultura online e do Dia Um foi líder em termos de sua política de devoluções do catálogo de roupas (você poderia comprar as mesmas calças em quatro tamanhos, experimentá-las em casa, escolher a que serve e devolver as outras três), e programas de fidelidade online.

Por outro lado, uma varejista líder em alimentos, Morrisons, resistiu em adotar o comércio online e insistiu em se concentrar em valores antiquados de ingredientes frescos e serviços de compras.

Enquanto a participação de mercado da Next continuou crescendo até que seu negócio online se tornou maior que seu negócio de tijolos e argamassa, a Morrisons continuou perdendo participação.

Agora, após anos de resistência, a Morrisons finalmente aderiu à ideia e começou a lançar serviços online.

Empresas precisam identificar futuras tendências em tecnologia e se adaptar a tempo para não serem deixadas para trás pela concorrência.

A cultura de negócios além da Web 2.0, vem sendo impactada por três principais ondas tecnológicas nos últimos anos.

Essas ondas são mobilidade,big data e computação em nuvem, além de novas formas de engajar o cliente.

Dados são um dos recursos mais consumidos no planeta atualmente.

Todos os dias nós criamos vastas quantidades de novos dados; estima-se que criamos 80% de todos os dados conhecidos pela humanidade apenas nos últimos três anos.

Big data possibilitará a descoberta de novas correlações e poderão ser usados para análises preditivas em tempo real para fornecer ofertas personalizadas em tempo real conforme clientes tomam decisões de compra.

abstratas___13

Serviços nas nuvens tornam grandes quantidades de dados e processamento disponíveis para negócios e consumidores, sob demanda, com relação custo-benefício efetiva.

A nuvem ajuda a nivelar o campo de jogo entre empresas grandes e pequenas, aumentando a concorrência e tornando a inovação ainda mais importante.

O engajamento, em termos simples, é o relacionamento entre humanos, máquinas, consumidores, aplicativos e serviços, desde a interface com usuário semelhante a umjogo, uso de mídia social e serviços baseados em localização à exposição multicanal.

Agora não apenas podemos enviar informação direcionada a usuários móveis com base em sua localização e seus comentários mais recentes em mídias sociais, funcionários podem customizar ofertas e vendas adicionais, ou mais caras, com base em sua última interação com o atendimento ao cliente, estado conhecido do inventário e até mesmo a emoção transmitida pelo tom de suas vozes.

E não apenas podemos nos comunicar com pessoas, hoje podemos nos comunicar com utensílios, sensores e nossas TVs.

A tecnologia móvel é onde todas essas tecnologias se cruzam, proporcionando uma importante ferramenta para aumentos em eficiência operacional, melhoras em satisfação de clientes e parceiros e inovação.

Além de experimentar um aumento em eficiência, empresas que adotam tecnologias móveis tem menor probabilidade de serem deixadas para trás por um concorrente astuto em mobilidade.

Com o poder dobig data, computação em nuvem e engajamento de clientes sendo percebido através de aplicativos móveis, a nova cultura móvel apenas acabou de começar e aqueles que começarem cedo definitivamente terão vantagem.

Com o poder de big data, computação em nuvem e engajamento de clientes sendo percebido através de aplicativos móveis, a nova cultura de negócio móvel apenas acabou de começar — uma nova forma de distribuir produtos e serviços aos clientes, uma nova forma de trabalhar em uma empresa e uma nova forma de possibilitar o comércio entre empresas (B2B).

O mercado está se moldando nesse exato momento e muitas outras ondas tecnológicas estão à frente.

Está claro para muitos negócios que há muito a ser ganho da adaptação e adoção dessas tendências.

Afinal, elas não mais são apenas tendências tecnológicas, mas sociais. Para ter sucesso na nova próxima economia, os negócios também vão ter de mudar sua cultura.

Artigo Original

David Akka - CEO Magic Software UK

David Akka – CEO Magic Software UK

 

Novo Comentário