5 Razões que deveriam fazer os CIOs considerarem uma Plataforma de Aplicativos Móveis

Change-300x200As organizações de TI inovadoras veem a mobilidade como um importante facilitador de negócios para um crescimento futuro e diferenciação competitiva. Elas priorizam o desenvolvimento de aplicativos móveis e a consideram como parte da estratégia de suas empresas. Como parte deste esforço elas enfrentam muitos desafios, incluindo como fornecer de forma eficiente aplicativos para múltiplos sistemas operacionais e dispositivos, como permitir interações de dados seguras com sistemas de back office e como acompanhar as recentes demandas de negócios e avanços tecnológicos. Os CIOs que deixarem as soluções de desenvolvimento de aplicativos somente com os desenvolvedores podem acabar com confusos e complexos ambientes de programação, cuja arquitetura não é adequada para as necessidades de mobilidade das suas empresas.

Ao oferecer uma abordagem uniforme de desenvolvimento, implementação e gerenciamento de aplicativos, as plataformas de aplicativos móveis ajudam as empresas a superar estes desafios. Sem uma plataforma como essa, os CIOs estão atraindo cronogramas com atrasos, custos mais altos que o previsto e cenários de manutenção caros.

A seguir temos 5 motivos pelos quais os CIOs devem insistir numa plataforma de desenvolvimento móvel:

1) Suporte a uma programação ágil

As funcionalidades embutidas das plataformas permitem que as empresas reduzam seu tempo de desenvolvimento em até 80%, reduzindo o tempo de introdução no mercado e os custos. Este desenvolvimento rápido e ágil permite que os desenvolvedores respondam facilmente às solicitações dos usuários finais em todos os estágios do desenvolvimento, garantindo que os aplicativos resultantes se adaptem melhor às exigências dos usuários finais e necessidades do mercado. Por exemplo, equipes ágeis que estavam criando um portal empresarial para terceirização de logística, recentemente descobriram que usando a plataforma eles poderiam facilmente combinar lógicas e dados legados de aplicativos da empresa com novos aplicativos móveis que revolucionaram seus processos de negócios.
ios-vs-android

2) Capacidade para múltiplas plataformas e múltiplos canais

As plataformas de desenvolvimento de aplicativos fornecem a infraestrutura necessária para fazer a interface com todos os tipos de dispositivos móveis incluindo tablets, telefones e laptops, além de permitir a integração com os sistemas legados e back office. As funcionalidades embutidas podem ser configuradas e ativadas por toda a plataforma, seja ela nativa ou HTML5. Por exemplo, o Boston Medical Center usou uma plataforma de aplicativo móvel para entregar seus aplicativos de múltiplos canais com funcionalidade robusta para Aplicações Ricas de Internet em Desktop Windows, e iPhones e tablets Google Nexus 7. Quando a mesma plataforma é capaz de desenvolver e executar  aplicativos móveis e desktop com base numa única linguagem, isso é extremamente eficiente do ponto de vista de desenvolvimento.

iPhone-fingerprint-300x190

3) Segurança

Hhoje em dia os usuários de aplicativos empresarias móveis realizam tarefas que anteriormente só estariam disponíveis atrás de um firewall, portanto é cada vez mais importante que a segurança esteja embutida no nível do dispositivo, aplicativo e usuário, o que é possível usando uma plataforma. As plataformas permitem tudo isso, não como uma solução baseada em patches, mas uma solução independente única que permite embutir facilmente os recursos segurança no nível do aplicativo, gerenciamento de aplicativos móveis e gerenciamento de dispositivos móveis. A Dove Tree Canyon Software, por exemplo, usou sua plataforma de aplicativos móvel de múltiplos canais para entregar aplicativos móveis que incorporam gerenciamento de identidade, gerenciamento de direitos do usuário e criptografia segura avançados.

4) Capacidade de auditoria e governança

As plataformas são capazes de codificar a capacidade de auditoria e governança automaticamente em aplicativos que vão além da interface do usuário. É possível definir políticas de como o aplicativo manuseia os dados quando não houver conectividade, como aplicativos off-line usados ao andar de metrô, em áreas remotas de rodovias ou células urbanas sobrecarregadas. Além disso, os dados ou aplicativos podem ser configurados para serem acessados somente em certos países, ou quando um funcionário está trabalhando em casa, por meio de geo-fencing (cercas geográficas).

5) A prova do futuro

A maior parte dos fornecedores de plataformas incorpora a tecnologia móvel mais recente nas atualizações das suas plataformas, o que mantém os aplicativos sempre atualizados. Esse sempre foi um benefício do uso de plataformas, mas é especialmente perceptível em celulares devido à rápida evolução da tecnologia, principalmente quando se trata de normas de segurança e dados. A M. A. G. Integration, que está desenvolvendo aplicativos para atletas dos Jogos de Quebec (Jeux de Québec), teria que demonstrar os aplicativos para os jogos anos antes da implementação atual. “A abordagem de plataforma a prova de futuro é essencial para isso”, diz Michel Maurice, Diretor Administrativo da M. A. G.  Integration. “Sem uma plataforma projetada para se adaptar a novos dispositivos, tamanhos de tela e sistemas operacionais, poderíamos perder todo o nosso trabalho e ter que reprogramar tudo numa janela de desenvolvimento de apenas alguns dias”.

CIOs inovadores estão levando suas organizações por novos caminhos de trabalho num mundo cada vez mais conectado e móvel. Com o aumento no número de aplicativos móveis sendo desenvolvidos, é importante para os CIOs garantirem que suas organizações estão fazendo os investimentos mais eficientes em termos das necessidades de mobilidade das suas empresas. Plataformas de desenvolvimento móveis com recursos de implementação em múltiplos canais, segurança, gerenciamento e integração back-end fazem sentido. Mas mesmo ao escolher entre as plataformas, os desenvolvedores podem partir para produtos com a maior quantidade de opções, enquanto os CIOs entendem a importância de focar nos interesses de negócios, e portanto sabem da necessidade de considerar o panorama geral de custos, produtividade do desenvolvedor, segurança, gerenciamento, e outras.

Artigo Original

Glenn Johnson

Glenn Johnson – Senior Vice Presidente da Magic Software Américas.

Novo Comentário