A “empresa da nova era” posiciona TI como verdadeiros líderes da organização

É uma nova era para TI e uma nova era para os Negócios.

Bem-vindo ao alvorecer da “empresa da nova era”, trazida pelo aumento de mobilidade empresarial. A empresa  da nova era é uma empresa transformada por aplicações móveis de todos os ângulos, uma que permite que cada departamento possa se conectar mais de perto com funcionários, fornecedores e clientes e tornar-se ágil, eficiente e conectada como nunca antes.

Esse é o momento de ouro do departamento de TI para liderar, controlar, proteger e facilitar a empresa da nova era. Ao abraçar BYOD e a capacidade de oferecer uma variedade de aplicativos móveis para todos os funcionários, independente da função, localização, sistema operacional ou dispositivo, ele será o time da inovação, aumentando a produtividade e melhorando a satisfação de clientes e funcionários – alavancando a organização inteira.

new_it_department_jpg_350x250_crop_q85

 

Criando a “Empresa da Nova Era” obriga ao departamento de TI a assumir a liderança. Veja como:

1) Desenvolver uma estratégia móvel clara.

Muitas organizações estão adotando uma abordagem ad hoc para o celular, mas que não vai deixar você progredir na velocidade que você necessita. É hora de assumir o controle. Você deve decidir sobre as aplicações de missão crítica e dispositivos, permissões e níveis de segurança, pedidos de execuções e SLAs.

Além disso, é preciso avaliar as capacidades da sua organização e identificar quaisquer necessidades de pessoal, terceirização ou parcerias de negócio para aumentar as atuais capacidades móveis de sua equipe.

2) Obter o buy-in dos usuários-chaves de toda a organização.

Você precisa mostrar para o resto da organização que está tomando a iniciativa e levá-los a bordo antes que cada departamento comece a fazer pedidos especiais, a compra de sua própria tecnologia e / ou fornecimento próprio de seus prestadores de serviços.

Reúna-se com as principais partes interessadas em cada departamento para explicar as novas possibilidades móveis. Eles serão gratos por sua liderança e felizes por entregar suas solicitações para a sua equipe.

3) Determinar a abordagem de desenvolvimento global: Nativa ou HTML5, ou ambos.

Aplicativos nativos são melhores quando a experiência do usuário e desempenho são mais importantes. A forte integração com recursos embutidos, como o catálogo de endereços, GPS ou câmera dá um desempenho mais rápido aos aplicativos nativos e uma experiência de usuário superior.

Aplicativos nativos permitem o uso off-line quando as conexões de rede não estão disponíveis. HTML5 é melhor para aplicativos centrados em conteúdo que não necessitam de dispositivos com capacidades específicas ou interfaces. No entanto, sua execução e velocidade de processamento são mais lentas, e leva mais tempo para replicar a experiência UI nativa de múltiplas plataformas.

Os usuários também devem estar online para usá-los. Independente da abordagem / abordagens que fizerem sentido, tenha certeza de que a plataforma de aplicações móveis de sua empresa irá auxiliá-los.

4) Selecione as ferramentas certas.

Não se limite. Seleção da ferramenta é tudo sobre a flexibilidade, facilidade de uso, gerenciamento e preparação para o futuro. Olhe para o cenário grande  e de longo prazo.

Você precisa de uma plataforma de aplicativo corporativo que suporte arquiteturas diferentes (web, nativa, híbrida), dependendo dos requisitos da aplicação e que permite desenvolver e implantar uma vez em qualquer lugar (iOS, Android, BlackBerry, desktop, web, nuvem, rich internet, etc) sem exigir um conjunto de habilidades de desenvolvimento.

Uma solução ainda melhor, tem uma abordagem de metadados que permite que os desenvolvedores de aplicativos facilmente criem aplicações utilizando arrastar-e-soltar interfaces sem a necessidade de qualquer codificação. As melhores ferramentas também suportam opções de implementação fácil e rápida, gestão instantânea de atualizações de aplicação e monitoramento e geração de relatórios de uso. Como de costume, não se esqueça das questões de segurança, desempenho e escalabilidade.

5) Não esqueça a interface do usuário.

Seus funcionários estão usando aplicativos de consumo 24/7 com interfaces atraentes e emocionantes. Você pode criar um aplicativo simples  e básico que faça o trabalho – mas ninguém vai usá-lo se ele não é intuitivo e agradável de usar. Sua estratégia móvel precisa incluir orçamento no projeto para um especialista em design e interface na equipe.

Um bom design é mais do que gráficos atraentes; um bom design do aplicativo significa obter informação integrada relevantes para os usuários com o mínimo de navegação na tela.

6) Lembre-se de integração de back-end

Você pode ter criado o aplicativo mais bonito que maximiza as características  nativas e HTML5, mas se ele não pode falar com os sistemas back-end das organizações, para que servem eles? Sistemas integrados melhoram processos, aumentam a eficiência e ajudam a garantir a adoção pelo usuário de seus novos aplicativos.

O vendedor no lado do cliente, que pode incluir um pedido, mas que não pode ver se o item está em estoque, está em desvantagem significativa para o seu concorrente, que não só pode incluir o pedido e garantir que ele está em estoque, mas também pode agilizar a entrega através do armazém e sistema de transporte.

Você precisa de uma solução de integração que inclui conectores certificados aos populares sistemas de back-end da empresa, incluindo SAP, Oracle, JD Edwards, IBM, Microsoft, Salesforce e outros, de um fornecedor com uma longa história de seguros, integrações fáceis e precisos.

7) Controlar o acesso por meio de aplicação e gerenciamento de dispositivos.

Com o aumento do número e tipos de dispositivos móveis que acessam a rede corporativa surgem maiores riscos de segurança, desde dispositivos perdidos ou roubados até o acesso não autorizadao à rede. Seguir sem proteção pode custar à organização muito dinheiro ou até mesmo todo o seu negócio.

Soluções de gerenciamento de dispositivos móveis ajudam as organizações a gerenciar essas ameaças, permitindo que as empresas possam aplicar uma política de segurança unificada para todos os dispositivos móveis e otimizar a funcionalidade e segurança de uma rede de comunicações móveis, minimizando custos e tempo de inatividade.

Soluções de gerenciamento de aplicativos móveis podem dividir o dispositivo móvel, permitindo que os aplicativos corporativos possam estar sob o controle do TI, enquanto o resto do telefone permanece pessoal e próprio para o funcionário.

8) Crie um roteiro realista

Agora que você sabe onde você quer levar a sua “empresa da nova era” e tem as ferramentas para chegar lá, crie o plano. Determine quais aplicativos terão prioridade, desenvolva prazos para entrega – e cumpra-os. Use métodos de desenvolvimento ágeis ou Scrum, para que você possa oferecer aplicativos rapidamente – e com as especificações desejadas.

As necessidades mudam muito rapidamente para abordagens de desenvolvimento de longo prazo. Certifique-se de primeiro desenvolver um aplicativo menor, mas muito visível e tão logo seja que possível. Demonstre para a organização que a Tecnologia da Informação pode entregar de forma eficiente aplicativos exatos para as necessidades das equipes, quando elas precisam, com usabilidade excepcional – do projeto à integração

9) Faça agora.

A “empresa da nova era” depende de você. Se você não começar hoje, a sua empresa vai ficar para trás.

Embora a TI tenha sido, tradicionalmente, uma organização de serviço na empresa, BYOD (Bring Your Own Device), dá-lhe a oportunidade de construir novas habilidades de liderança, aprender a criar consenso, e mergulhar em novas tecnologias.

10) Não se esqueça de seus colegas

Seus colegas estão enfrentando os mesmos desafios em suas organizações. Chegue através de fóruns, LinkedIn, sites e associações comerciais para compartilhar suas lições aprendidas. Dê-lhes a mesma oportunidade que você teve para que eles possam criar suas próprias “empresas da nova era”.

English and Original Version

Regev Yativ -  Presidente e CEO Magic Software Enterprises USA
Regev Yativ – Presidente e CEO Magic Software Enterprises USA

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.