Integração Baseada em Padrões – Recursos

Glenn Johnson – Senior Vice President – Magic Software Americas.

Em nossos primeiros posts desta série de integração baseada em padrões nós começamos com uma revisão dos Componentes da Integração Baseada em Padrões e dos Serviços da Integração Baseada em Padrões disponíveis como parte de uma solução de arquitetura orientada a serviços. Nós detalhamos especificamente os Componentes e Serviços do iBOLT. Nossa atenção agora se volta para os Recursos da Integração Baseada em Padrões para integração e orquestração de processos de negócios. Uma vez que todo o objetivo deste exercício foi o de fornecer detalhes sobre diversos protocolos, padrões e especificações invocados e acessados pela Suite de Integração iBOLT,  também estou incluindo quatro itens aqui (Controle de Versões, Web Servers, J2EE Servers e sistemas Operacionais) que não são acessados no Repositório de Recursos iBOLT, mas sim apoiados em outros lugares pelo iBOLT. Também estou agrupando os recursos iBOLT que têm correspondência direta na tabela de Componentes , e então não é necessário repetir esta informação aqui.

O Repositório de Recursos define os sistemas externos que o iBOLT precisa acessar durante a execução de um projeto. Isso fornece uma maneira de gerenciar os recursos de um projeto a partir de um local separado, fora do projeto atual. Você pode reutilizar configurações de ambiente predefinidas em diferentes projetos, permitindo que você alterne ambientes de execução rápida e facilmente. O Repositório de Recursos permite as configurações de componentes possam se referir  a um recurso definidos, e herdar suas propriedades.

Estas configurações de recursos podem ser utilizadas com:

  • Componentes
  • Bancos de Dados
  • Web Services
  • Esquemas XML
  • Quaisquer outros recursos definidos pelo usuário

 

Recursos iBOLT E outras  Certificações (n.e.c.) Descrição de Padrões e Certificação 
Database Microsoft SQL Server , Oracle, DB2/400, DB2, Pervasive SQL e ODBC.
UDDI Server UDDI Version 2 OASIS Standard.
Web Services Client SOAP 1.1, SOAP 1.2, WSDL e UDDI com suporte para WS-Security, WS-I,  DIME e MIME.
Web Services Server SOAP 1.1, SOAP 1.2, WSDL e UDDI com suporte para WS-Security, WS-I,  DIME e MIME.
iBOLT Server Especifica endereços TCP/IP e números de Porta de um iBOLT Server nomeado. Um número ilimitado de iBOLT Servers pode interagir uns com os outros.
Version Control (Isso não está listado no Repositório de Recursos iBOLT). Controle de Código Fonte API V1.01.
Web Servers. (Isso não está listado no Repositório de Recursos iBOLT). Para Microsoft® 32 bit Windows: Personal Web Server; IIS v5IIS v6; IIS v7.Apache 2.0Para Microsoft® 64 bit Windows: IIS v6; IIS v7.Para Linux® Server: Apache 2.0.52 
J2EE Servers. (Isso não está listado no Repositório de Recursos iBOLT). IBM WebSphere® Application Server V. 4BEA WebLogic Application Server V.6Fujitsu Interstage Application Server V.5Sun ONE Application Server V.7Oracle OC4J V.9.0.3JBoss Server 2.4

Pramati Server V 3.5 

Sistemas Operacionais. (Isso não está listado no Repositório de Recursos iBOLT). Windows, Linux, IBM i, AIX, HP-UX, Solaris.
Outros Recursos iBOLT. (Estes Recursos iBOLT têm uma correspondência direta na tabela de Componentes iBOLT e podem ser vistos ali com os detalhes individuais). Além das cinco primeiras entradas na tabela, cada um destes recursos externos pode ser especificado na Repositório de Recursos iBOLT: Domino; Dynamics CRM; Email; Exchange 2007; FTP; Google; HL7; HTTP; JD Edwards; JMS; LDAP; MSMQ; Notes DB; Salesforce; SAP A1; SAP B1; SAP R/3; SharePoint; System i; W4; e WebSphereMQ.

O desejo pelos recursos de integração baseada em padrões é baseado em uma necessidade de cumprimento de SOA, bem como em uma necessidade mais prática para padrões abertos puros na integração de sistemas de software corporativos, que são, muitas vezes, proprietários. Eu acho que você irá concordar que estes componentes, serviços e recursos fornecem capacidades completas para integração. Componentes de terceiros e de desenvolvimento próprio podem ser adicionados através do uso do Componente SDK, mas isso raramente é necessário.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.