iBOLT 3 Simplifica a Configuração de Recursos de Projeto Com um Novo Repositório de Recursos

Glenn Johnson – Senior Vice President – Magic Software Americas.

Repositórios de Service Oriented Architecture (SOA) fornecem acesso a um registro SOA – essencialmente uma listagem de recursos e metadados em um projeto de SOA. Curiosamente, tanto uniPaaS quanto iBOLT utilizam repositórios em seus estúdios. Um repositório bem concebido não só fornece um meio de descoberta, ela também é uma fonte de reutilização.

O Repositório de Recursos iBOLT. Desde o iBOLT v3.0, o repositório de recursos tem emergido como um importante facilitador da produtividade do iBOLT na integração de  aplicações.

Após a definição dos processos de negócio e da topologia de seu projeto iBOLT você desejará definir os recursos externos que estão sendo utilizados. Você pode fazer isso no Repositório de Recursos iBOLT. Uma vez definidos, eles são facilmente acessíveis a partir de seus fluxos iBOLT. Especificamente, os recursos podem ser utilizados com bancos de dados, componentes, esquemas XML, serviços Web e qualquer outro recurso definido pelo usuário.

Vantagens do Repositório de Recursos. O repositório de recursos fornece um local único e conveniente para configurar recursos externos para o uso em um projeto de integração iBOLT. Um recurso externo, como a agenda do Google, pode ser acessado a partir de vários locais em um projeto. Ao invés de configurar o recurso de vez por vez a cada instância destinada para uso em um fluxo, o repositório de recursos iBOLT permite que você configure uma vez e o disponibilize como “um recurso” para uso posterior. A utilização de repositório também torna possível configurar recursos externamente, durante os testes, por exemplo. A abordagem de repositório permite ainda que os recursos previamente definidos em outros projetos sejam utilizados como são ou de uma forma que adapte a sua configuração para o projeto novo ou atual.

Como funciona. Ao criar um projeto, vários recursos podem ser definidos para o mesmo tipo de recurso. Por exemplo, vários bancos de dados pode ser configurados, até mesmo bancos de dados de diferentes tipos, tais como Oracle e DB2.

O iBOLT tem uma lista pré-definida dos tipos de recursos e documenta claramente as propriedades configuráveis para cada recurso na documentação de referência do iBOLT. A definição de recursos é válida para a instalação total do iBOLT e afeta todos os projetos iBOLT nessa instalação.

Assim, podemos ver que o repositório de recursos define os sistemas externos que o iBOLT precisa acessar durante a execução do projeto. Isso não só fornece uma maneira de gerenciar os recursos de um projeto de um local separado, fora do projeto atual, como também é possível reutilizar as configurações de ambiente pré-definidas em diferentes projetos, permitindo que você alterne ambientes de execução rápida e facilmente. Por exemplo, quando você ativar o método de um componente ou uma interface XML, você precisa especificar as propriedades do ambiente, tais como servidor, usuário e porta. O repositório de recursos permite que as configurações do componente se referenciem a um recurso definido, e herde suas propriedades.

Tipos de recursos. Você pode definir os seguintes recursos no Repositório de Recursos iBOLT: Banco de Dados, Domino, Dynamics CRM, E-mail, Exchange 2007, FTP, Google, HL7, HTTP, JD Edwards, JMS, LDAP, MSMQ, Notes DB, Salesforce, SAP A1, SAP B1 , SAP R/3, SharePoint, System I, UDDI Server, W4, Web Services Client, Web Services Server, WebSphereMQ, iBOLT Server.

Relação com o Repositório de Serviços. Numerosos componentes adicionais, métodos e assistentes estão disponíveis no iBOLT e não requerem ou se beneficiam com a utilização do Repositório de Recursos iBOLT. Salesforce.com e TCP Listener Services seriam dois exemplos. E, claro, estes são configurados no Repositório de Serviços. Alguns dos serviços configurados no Repositório de Serviços, como serviços FTP e serviços System i precisam ser configurados primeiramente no Repositório de Recursos. Você vai descobrir também que na hora de configurar o serviço, você pode facilmente abrir a caixa de diálogo de seu recurso correspondente dentro do diálogo de serviços. Você pode ler mais sobre o Repositório de Recursos iBOLT e o Repositório de Serviços iBOLT aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.