Como eu faço em iBOLT?

Manoel Frederico da Silva / Product Manager & MAGIC Evangelist / Magic Software Brasil

O iBOLT é uma ferramenta que se destaca pela sua interface 100% gráfica, que confere agilidade e facilidade no desenho dos projetos de automação e integração.

Esta interface de criação significa um novo e exclusivo paradigma de desenvolvimento. E por isso, na etapa inicial do aprendizado é normal que o profissional (normalmente com know-how em ferramentas tradicionais) tenha alguma dificuldade em associar a especificação (o que fazer) ao design (como fazer).

Abaixo, vamos mostrar como implementar algumas construções de controle de fluxo de lógica (as mais comumente usadas).

Como a maioria das linguagens possui uma estrutura semelhante, vamos fazer um comparativo do iBOLT com o C#.

Veja como fazer:

DECLARAÇÃO de VARIÁVEIS 

C#

IBOLT

IF .. ELSE IF .. ELSE 

C#

IBOLT

WHILE

C#

IBOLT

  

DO .. WHILE 

C#

IBOLT

FOR .. NEXT 

C#

IBOLT

SWITCH 

C#

IBOLT 

Não há uma construção equivalente. Você deve formatar a sequencia como IF..ELSEIF..ELSE, e desenhar cfe. mencionado acima.

  

CALL PROCEDURE 

C#

IBOLT

FOR .. EACH 

C#

IBOLT

Algumas coleções válidas para o iBolt:

XML (nós do XML)

DATASET (registros do SELECT)

FLATFILE (linhas do TXT)

NOTA: É possível passar parâmetros para o fluxo associado ao DataMapper Destination, assim como com o Invoke Flow, mas somente por valor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.