A Plataforma Magic xpi e a Integração com o Magento eCommerce

zynovo-esi-magentoA conexão entre uma plataforma de eCommerce, como a Magento, e um sistema ERP, como o J. D. Edwards, por exemplo, é consideravelmente facilitada por uma plataforma de integração, como a Magic xpi, conhecida por sua capacidade de conectar sistemas com intercâmbio bidirecional das informações.

A Integração dos processos comerciais relevantes entre o Magento e o ERP podem envolver:

  • ERP – integração dos dados do catálogo de produtos do eCommerce
  • Gerenciamento do Ciclo de Vida dos produtos (PLM) e integração dos dados do eCommerce
  • Dados do inventário enviados para o web site do e-Commerce
  • Enviar do ERP as atualização de preços para o eCommerce (bidirecional)
  • Controle do inventário em tempo real
  • Verificação do crédito em tempo real
  • Informações dos pedidos enviadas ao JDE
  • Processamento de cartões de crédito em tempo real
  • Atualizações da agenda de endereços (bidirecional)
  • Confirmação dos despachos
  • Acompanhamento dos despachos
  • Notificações de entrega
  • Arquivamento da captura dos assinantes (clientes)
  • Alarmes de inventário para os gerentes de eCommerce
  • Interface com as tabelas de impostos
  • Integração do centro de atendimento ao cliente
  • Integração do CRM

Quando se trabalha com um ERP como o J. D. Edwards, a plataforma Magic xpi permite uma abordagem visual da integração do tipo “arrastar, soltar e configurar”. Isso quer dizer que você, literalmente, arrasta e solta o componente J. D. Edwards EnterpriseOne ou J. D. Edwards World em um fluxo e o configura facilmente.

O EnterpriseOne já possui um kit de ferramentas API que oferece capacidades patenteadas para a integração e a utilização de um componente que já sabe como trabalhar com essas capacidades é uma enorme vantagem e evita muita codificação tediosa do software da empresa. Por exemplo: o EnterpriseOne J. D. Edwards oferece funções de negócios (BSFN) e também apresenta as tabelas de interface conhecidas como Tabelas Z ou Arquivos Z e proporciona Processos Z para executar essas tabelas.

E-commerce. Shopping cart with cardboard boxes on laptop. 3d

Sempre que for possível, você deverá usar as opções dos componentes Magic xpi, para selecionar as funções BSFNs necessárias. Isso simplifica o fluxo de integração e torna a manutenção muito mais fácil, mesmo quando você estiver atualizando as versões.

Os processos Z possuem limitações que não vamos discutir aqui, mas que são mais bem contornadas com o Magic xpi e as funções BSFNs do Oracle JD Edwards E1.

O Magic xpi suporta uma ampla variedade de padrões de integração de negócios, que vão desde os processos em tempo real até os processos empresariais de longa duração. Sua sofisticada lógica de negócios torna mais fácil administrar automaticamente as exceções durante o tempo de execução. Em vez de ser obrigado a realizar o processamento posterior da tabela de exceções de um arquivo Z, o Magic xpi permite construir processos comerciais personalizados para corrigir dados ou execuções ruins do fluxo de trabalho, para uma correção mais fácil baseada nas regras da sua empresa.

Com os processos em tempo real e quase real, as informações são atualizadas em questão de milésimos de segundo ou segundos. A administração e a monitoração ficam livres, utilizando-se uma abordagem “configure e esqueça”. O Magic xpi automatiza a maneira como você lida com a orquestração dos eventos entre os processos do ERP e do Magento. O poder real de uma plataforma de integração reside em lidar com a orquestração, a comunicação e a transformação dos processos software de “terceiros” e da integração web.

Não há necessidade de alterar os seus atuais aplicativos ou websites, já que a integração ocorre ininterruptamente em background. Todas as personalizações do seu sistema são visíveis e controladas com a mesma abordagem fácil de arrastar, soltar e configurar devido à capacidade do Magic xpi de ler as estruturas e os esquemas dos seus objetos personalizados.

Muitos usuários do ERP JDEdwards também são baseados em aplicações IBM Power Systems rodando em IBM i. A integração IBM i é controlada pelo Magic xpi com controle incorporado no nível dos componentes dos recursos IBM i nativos como:

  • User Space
  • Data Queue
  • Comandos CL
  • Spool de impressão
  • Chamadas de programa
  • DB2/400 etc.

Você poderá impulsionar publicações e subscrições de serviços Magic xpi com webservices em arquitetura SOA (Service-Oriented Architecture) de modo adaptado, independentemente de sua preferência por JSON, REST ou SOAP (ou alguma outra combinação).

000132817_87Através da exploração dos métodos xpi, você conseguirá uma conectividade nativa com o seu ERP e a sua plataforma eCommerce e também poderá construir aplicativos integrados para iOS e Android.

Você também deverá impulsionar a plataforma de integração Magic xpi no In Memory Data Grid (IMDG), para conseguir um arquitetura escalonável para a conectividade empresarial com aplicativos móveis, uma vez que isso irá aumentar de 5 para 500 mil clientes móveis ou mais.

O ambiente IMDG no Magic xpi emprega uma arquitetura baseada em espaço usando a tecnologia in-memory data grid (dados na memória) para garantir a escalabilidade elástica e a alta disponibilidade. Isso pode ser entendido como a capacidade de atingir a confiabilidade de nível empresarial e a habilidade de manuseio do Big Data, através do escalonamento vertical e horizontal virtual sem limites.

Em suma, quem escolher integrar o Magento eCommerce Enterprise com o JDEdwards e outros sistemas ERP com o Magic xpi terá acesso a editores de fluxos de trabalho visuais simples de usar, ótimos mecanismos de processos de negócios e de monitoramento.

Artigo Original

Glenn Johnson

Glenn Johnson – Senior Vice Presidente da Magic Software Américas.

Novo Comentário