Samsung Faz uma Grande Jogada na Competição dos Smartphones

 

m_ee3b56a9-d479-437b-a14c-077fe3b58a8bA Samsung roubou o show na IFA de Berlim com a introdução de seu GalaxyNote Edge. Sua ampla divulgação como tendo a “tela curva” pode causar certa confusão. A área normal da tela do “phablet” é, na verdade, reta. Entretanto, uma segunda tela lateral estende-se quase que imperceptível ao longo da borda direita da tela principal, curvando-se para a parte de trás do telefone, criando um espaço para botões programáveis.

O Galaxy Note Edge foi feito para o sistema operacional Android 4.4, mais conhecido como KitKat. Sua tela principal é Quad HD, com resolução de 2560 pixels de altura por 1440 pixels de largura. A borda curvada, que fica ao lado direito quando o aparelho é segurado na posição vertical, em modo retrato, possui 2560 pixels de altura por 160 pixels de largura. Então é basicamente uma faixa de tela horizontal com espaço para botões programáveis.

Então, por que os usuários querem esse “laço”?

A Samsung cita dois pontos interessantes relacionados à capa protetora e às notificações. “A exclusiva tela curva do Galaxy Note Edge permite acesso rápido aos apps mais usados, alertas e funcionalidades do aparelho – até mesmo quando a capa está fechada – tudo com um deslize do dedão. Os usuários podem, também, receber notificações diretamente na tela Edge, enquanto assistem vídeos, sem que a visão seja interrompida.”

galaxynoteedge-leadAs câmeras do Galaxy Note Edge, sim, duas, são câmeras traseiras com resolução de 16 megapixels e possui funções como autofoco, smart optical image stabilization (OIS), high dynamic range (HDR) para uma tonalidade viva, foco seletivo, suporte para selfies, beauty face, etc. A câmera frontal possui 3.7 megapixels de resolução, com f1.9 e suporta selfies e selfies wide shots. Assim como outros Galaxy Notes, o Edge vem com caneta stylus e suporta diversas bandas 2.5G, 3G e 4G. Além disso o aparelho também inclui sensores de gesto, acelerômetro, geo-magnetic, giroscópio, RGB, IR-LED Proximity, barômetro, Sensor Hall, scanner de digital, UV, monitor de batimento cardíaco e SpO2 (dependendo da localização).

Mas a verdadeira inovação é a tela curvada de 160 pixels. Basta saber se tal inovação realmente se tornará um padrão viável, o que dependerá dos caprichos da aceitação do mercado. Dessa forma, fazer com que desenvolvedores criem apps que suportem tal aparelho poderá ser de grande ajuda. A tela de barra lateral é declaradamente programável para várias funções, tal como atalhos, mudança de câmera, controles de segundo plano, etc. Ter a possibilidade de checar as horas no relógio, verificar notificações de email e de mídias sociais sem ter toda a bateria drenada pela tela principal poderia se provar útil.

Artigo Original

Glenn Johnson
Glenn Johnson – Senior Vice Presidente da Magic Software Américas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.