Magic xpa 3.3: Meu amigo JAVA

O Magic xpa 3.3 elevou a integração nativa com o Java a um novo patamar de flexibilidade e facilidade de uso, além do maior empoderamento das solução Magic xpa.

Vamos ver como isso aconteceu.

 

Repositório de Componentes (CRR)

A partir da versão 3.3 do Magic xpa, uma nova opção de componente externo para as soluções/projetos foi disponibilizada: JAVA:

 

Com esta opção nós podemos vincular um JAR ao nosso projeto, como sendo um componente externo:

NOTA: ao informar o JAR, o Magic xpa Studio irá lê-lo (parse) para tomar conhecimento de todos os tipos e classes ali definidos. Antes porém, registre-o também no MAGIC.INI na chave [MAGIC_JAVA]CLASSPATH

Java, assim como diversas linguagens tradicionais hoje em dia, pode ser muito “verboso”. Usando “Java Aliases” podemos encurtar os nomes dos tipos através de um apelido:

Programação

Em nossos programas/tarefas do Magic xpa, temos agora também um novo tipo de dado: JAVA:

Ao definirmos uma variável como sendo do tipo Java, usamos o nome completo ou um apelido para informar qual a classe que define este campo. No exemplo acima, fizemos através do apelido.

Para que a variável tenha efetivamente um objeto (instância da classe), precisamos invocar algum dos construtores desta classe e guardar o resultado dentro da variável:

NOTA: randomUUID() não é o construtor desta classe, mas um método estático que retorna uma instância dela (objeto). Mas a sintaxe é a mesma.

De posse do objeto, podemos atualizar suas propriedades (função JavaSet), ler suas propriedades e invocar seus métodos:

NOTA: Toda esta integração é feita através de uma JVM, o que significa que é necessário a máquina ter um Java JRE 32 Bits devidamente instalado e disponível para uso.

 

Manoel Frederico Silva – Gerente de Tecnologia e Evangelista MAGIC – Magic Brasil

Manoel Frederico Silva – Gerente de Tecnologia e Evangelista MAGIC – Magic Brasil

Para receber os artigos do Blog Magic Brasil em primeira mão no seu email registre-se aqui

Tags:

Novo Comentário