A integração é principal barreira para adesão ao Salesforce pelas equipes

imageHá alguns dias conversei com um executivo de uma empresa que me contou que a “falta de integração afetou negativamente a nossa taxa de adesão do Salesforce, mais do que qualquer outra coisa”.

Considerando todas as opções de integração de Salesforce, incluindo a extração de dados e a construção de software para esta finalidade, é lastimável que algumas empresas ainda não tenham encontrado uma estratégia viável de integração.

Assim, usuários são impedidos de ver a “foto completa” dos dados do cliente no Salesforce são forçados a ir a outros lugares: ERP e aplicações de eCommerce, POS e outros sistemas.

Uma vez chegando a estes sistemas a tarefa de registrar as interações com os clientes no Salesforce fica mais distante. Todo esse vai-e-vem entre sistemas para obter dados não é somente ineficiente, mas também provoca a perda de dados relevantes. No entanto, o problema não é tanto a falta de adoção pelos usuários quanto à “sub adoção” ou “subutilização”.

Até mesmo empresas que investiram em soluções de integração de dados baseadas em tecnologias de extração (ETL) mais antigas estão descobrindo que seus usuários estão subutilizando o Salesforce. Parte do problema recai sobre integração post-hoc (durante ou depois de um evento) e na falta de visibilidade em tempo real de novas informações que aparecem em outros sistemas.

O Everest Group sugere que as empresas devam adotar um novo prisma por meio do qual elas possam visualizar e avaliar serviços digitais para perceber o valor total de seus investimentos. Esse novo prisma significa a mudança do foco da integração para o redesenho dos processos de negócios. Assim, tecnologias mais antigas, como ETL e ESB, devem dar lugar a sistemas de gestão de processos de negócios centrados na integração e plataformas multicanais de transformação digital e integração.

Os integradores de CRM estarão bem servidos para focarem em requisitos de integração funcional com um olho na orquestração de processos de negócios que possam melhorar a eficiência. O redesenho de processos de negócios teve uma época de má fama, em grande parte devido à falta de ferramentas de integração de processos de negócios necessárias para realmente implementar a visão dos analistas de processos de negócios. Hoje em dia, as plataformas de integração da própria Salesforce prometem garantir maior adoção do CRM por parte dos usuários.

Glenn Johnson
Glenn Johnson –
Senior Vice Presidente da
Magic Software Américas.

Novo Comentário