Integração com SugarCRM utilizando Magic xpi

Integração com o CRM Sugar utilizando Magic xpi

(agora com GigaSpaces)

Sugar01

Uma das novidades da versão 4a do Magic xpi é o novo adaptador para Sugar.

Sugar é um produto de gestão de relacionamento com clientes, disponível na nuvem, comercializado no modelo SaaS e que possui uma versão de avaliação (trial) para quem deseja testá-lo antes de firmar o contrato de uso dos seus serviços. Ele também disponibiliza APIs no padrão REST e SOAP para os sistemas que necessitam interagir com ele.

O adaptador do Magic xpi 4a usa a API REST do Sugar.

Desta forma, as empresas que são usuárias ou estão no período de avaliação do produto tem completo acesso às funcionalidades de sua API, de maneira fácil e direta, através do Magic xpi:

 Imagem_001

Imagem_001A

Mas o Sugar também possui uma versão gratuita (Community Edition), para ser instalada localmente (on-premise).

E é com base nesta arquitetura on-premise que vamos mostrar a seguir a integração entre o Sugar e qualquer outro sistema, através do Magic xpi.

Primeiro, é preciso baixar o Sugar Community Edition (neste endereço).

Existem também os seus pré-requisitos:

Neste exemplo, usaremos o PHP 5.5.11-nts-Win32-VC11-x86, MySQL 5.6 x86, IIS 8.5, e o SugarCRM 6.5.16.

Não iremos, entretanto, detalhar a instalação destes softwares neste post.

Para instalação do PHP, você pode consultar este endereço.

NOTA: Não se esqueça de habilitar as extensões MBStrings, IMAP, cURL, MySQL e MySQLI no arquivo php.ini.

Para configuração do PHP no IIS, você pode consultar este endereço.

Para instalação do MySQL, você pode consultar este endereço.

Com os pré-requisitos todos em ordem (instalados e on-line), podemos iniciar a instalação e configuração do Sugar (que é um sistema disponibilizado em PHP).

NOTA: Um passo a passo desta instalação está disponível neste endereço.

Descompacte a pacote ZIP numa pasta do servidor:

 Imagem_002

que esteja publicada (acessível) através do Web Server escolhido (ex: IIS):

 Imagem_003

Em seguida acesse o ‘/install.php’ no seu browser:

 Imagem_004

para iniciar a pré-configuração e instalação.

Escolhendo a instalação “customizada” poderemos detalhar melhor as características do ambiente:

 Imagem_005

Devemos informar os dados de conexão com o SGBD (que aqui é o MySQL). Popular o banco com dados iniciais é uma boa opção para nossos testes:

 Imagem_006

Também devemos informar os dados do “administrador” do sistema Sugar (usuário e senha):

 Imagem_007

Nos ajustes de segurança, podemos desmarcar todas as opções:

 Imagem_007A

Em seguida, clicando “Install”, o processo de instalação do ambiente Sugar terá início:

 Imagem_008

NOTA: opcionalmente, podemos criar a tarefa agendada sugerida nesta tela, para que as rotinas agendadas do SugarCRM possam executar corretamente.

Imagem_009

Imagem_010

NOTA: O procedimento interno de instalação pode demorar alguns minutos, especialmente quando selecionamos a opção de criar uma base de dados “demo” populada.

No final, será apresentado este sumário:

 Imagem_011

Neste ponto, o Sugar já está instalado. A URL de acesso é aquela que foi definida nos passos anteriores da instalação, seguida de “/index.php”:

 Imagem_012

A credencial de acesso (usuário/senha) é a mesma informada nos passos anteriores da instalação.

Durante o primeiro acesso ao Sugar, haverá ainda um pequeno questionário para definições das preferências básicas, como por exemplo, o servidor de e-mail a ser utilizado:

 Imagem_013

NOTA: Estes ajustes podem posteriormente ser alterados através da administração do sistema.

Após, o sistema já está pronto para uso:

 Imagem_014

 

Conectando com o Magic xpi

 

Para acessar o Sugar através de um projeto Magic xpi, devemos inicialmente criar um “recurso” do tipo “SugarCRM”:

Imagem_015

Devemos informar a URL da API REST, e também a credencial (usuário/senha) de acesso:

 Imagem_016

NOTA: Para saber qual versão de API deve ser usada, consulte este endereço.

Para confirmar se o acesso está “OK”, clique em “Validate”:

 Imagem_017

Para acessar as funcionalidades do Sugar, arrastar o seu componente para a área de fluxo e configurá-lo:

 Imagem_018

Escolhemos o módulo e a operação desejada:

Imagem_019

 

Imagem_020

e de forma totalmente gráfica e simples temos acesso às propriedades do objeto de negócio do Sugar:

Imagem_021

Usamos o DataMapper do Magic xpi para preencher todas as propriedades necessárias.

 

Interceptando Eventos com o Magic xpi

 

Além de acessar a API da forma mostrada acima, podemos também interceptar eventos que ocorrem diretamente no Sugar.

Para isso, colocamos o componente na área de trigger:

 Imagem_022

e configurar o módulo, evento e tempo de verificação:

 Imagem_023

No exemplo acima, a cada “5” minutos o Magic xpi consulta o Sugar e caso alguma nova “conta” tenha sido “criada” desde a última verificação, o fluxo de integração é iniciado automaticamente com os dados dos módulos Sugar que dispararam os respectivos eventos.

Este é o adaptador  Sugar: todo poder do CRM “cloud” ou “on-premise” disponibilizado através do Magic xpi.

Gerente de Produto e Evangelista de Tecnologia – Magic Brasil

Novo Comentário