Aplicações Móveis Corporativas: Qualquer Hora…

Glenn Johnson – Senior Vice President – Magic Software Americas

Dez Perguntas Chaves para a Ajudar a Comparar Fornecedores MEAP

Comparar plataformas de aplicações móveis corporativas (MEAPs – mobile enterprise application platforms) pode ser desafiante. Muitas vezes aqueles que estão buscando uma solução MEAP o fazem precisamente porque não querem investir no desenvolvimento de competências internas em todas as linguagens de programação e ambientes necessários para fornecer soluções de clients nativos para grandes ambientes de dispositivos móveis como BlackBerry, iPhone, Android e Windows. A capacidade dos departamentos de TI para antecipar os desafios de cada ambiente de dispositivo de destino muitas vezes é limitada devido à falta de familiaridade com as diferenças entre todos estes ambientes.

Para complicar ainda mais, fornecedores MEAP raramente são o que aparentam ser. É necessário antes de tudo tentar separar as atuais capacidades dos planos para o futuro do roadmap do fornecedor. Devemos então perguntar, qual é o histórico do fornecedor em cumprir as promessas de seus roadmaps?

Uma vez que você tenha isso tudo resolvido e separado as jogadas de marketing das capacidades reais da plataforma, a tarefa de fazer comparações fica complicada. O gerenciamento do dispositivo é uma parte necessária da avaliação, ou deveríamos considerar como uma categoria separada da forma como nós consideramos as ferramentas de desenvolvimento e operações de TI de software como sistemas separados no data center? Os avaliadores precisam cuidadosamente considerar seus próprios planos de distribuição versus os planos do fornecedor para o suporte a dispositivos.

Mais importante do que qualquer uma destas questões emaranhadas, no entanto, é a questão de produtividade. A razão para se adotar uma MEAP é a redução do esforço. A fim de atender à necessidade de desenvolver e implantar aplicações móveis em qualquer hora e lugar, você precisa de uma MEAP que é realmente baseada em metadados, utiliza plenamente clientes nativos, e tenha capacidade contínua de desenvolver e manter data centers, nuvens e apps móveis corporativas sem duplicar os esforços de programação.

Aqui estão algumas perguntas-chave para fazer a um fornecedor MEAP:

  1.  São exigidas habilidades nativas para concluir projetos ou fazer alterações? Alguns fornecedores MEAP surpreendentemente não concluem o processo de criação da aplicação móvel para o dispositivo de destino. Programação manual e adaptações são necessárias.
  1. Precisaremos utilizar o depurador nativo para testar nossas aplicações? Se a MEAP força você a depurar suas capacidades de implantação em um dispositivo de destino, então isso significa que provavelmente será necessário escrever código para corrigir quaisquer problemas encontrados.
  1.  Minha plataforma MEAP pode também criar aplicações desktop cliente/servidor e aplicações web? Algumas MEAPs são plataformas móveis apenas e têm pouca ou nenhuma capacidade para suportar outros tipos de aplicações. Esta falta de suporte significa duplicar a codificação para esses ambientes.
  1. A plataforma MEAP me permite controlar a aparência do aplicativo para que eu possa desenvolver conforme a interface nativa para cada dispositivo? Apps BlackBerry com aparência de outros aplicativos BlackBerry? Será que um aplicativo para iPhone se parece com um aplicativo para o iPhone? Etc.
  1. O fornecedor da plataforma MEAP tem um histórico sólido de integração de back-end? Eles têm um conjunto completo de ferramentas de integração para permitir a  integração de sistemas corporativos de TI, dados e processos, com a sua plataforma MEAP? A integração com sistemas de backend é um componente crucial no fornecimento de aplicações B2E, B2B e B2C. Sem uma solução simples para integração, você pode acabar gastando meses de desenvolvimento desnecessário para tentar integrar seus aplicativos móveis a sistemas corporativos já existentes.
  1. A solução é multilíngüe e o fornecedor pode oferecer suporte multilíngüe? Se você precisa de uma solução global, alguns fornecedores têm um alcance limitado a alguma região e não vão além.
  1. Há quanto tempo você está no mercado? Grande número de fornecedores está em início de atuação com nenhuma garantia de que continuarão a existir.
  1. Será que você pode fornecer demonstrações financeiras que apresentem as suas receitas, lucratividade, dinheiro em caixa e endividamento? Se um fornecedor não está disposto a fornecer demonstrações financeiras, então você está em risco significativo de que pode estar lidando com um fornecedor que está à beira de iminente falência financeira.
  1. O fornecedor MEAP tem uma empresa-mãe, cujos objetivos são diferentes daqueles do fornecedor independente de software que ela adquiriu? Se a empresa-mãe adquiriu a plataforma MEAP para atender às necessidades da sua maior base de clientes, estará este fornecedor MEAP com propósitos conflitantes com as suas necessidades?
  1. O fornecedor MEAP tem uma estratégia coerente para sistemas corporativos, aplicativos móveis e na nuvem? O fornecedor pode garantir que todas estas soluções podem ser baseadas na mesma arquitetura orientada a serviços (SOA)? A plataforma tem capacidade de composição lógica de aplicações existentes em Java, .NET, COBOL, RPG e outros ambientes? Uma boa plataforma MEAP será capaz de alavancar tudo o que você tem hoje e tem uma estratégia coerente para a implantação de soluções em todos os ambientes onde você precisa estar amanhã. Um fornecedor que pode tornar seus esforços à prova de futuro finalmente será a escolha mais inteligente para o desenvolvimento de aplicativos móveis.

Depois de ter uma idéia satisfatória do que o fornecedor pode oferecer, a questão de como a plataforma é licenciada e precificada é apropriada. Alguns fornecedores aderem estritamente a uma estratégia de preço por usuário. Outros oferecem um modelo de preço por servidor. Alguns oferecem ambos ou uma opção híbrida. Se você estiver desenvolvendo um app móvel corporativo B2C, os valores por usuário são pouco atraentes. Mas se você tem uma meta bastante pequena de público B2E ou B2B, as pesadas tarifas por servidor podem ser desvantajosas. Na análise final, você vai precisar de um fornecedor que esteja disposto a trabalhar com você para garantir a sua total satisfação e sucesso. Avalie o suporte técnico, treinamento e serviços profissionais do fornecedor. Todas estas coisas combinam-se para tornar a seleção de uma plataforma MEAP uma decisão difícil. Mas se você souber as perguntas corretas a fazer, você está no caminho certo. Para ler mais sobre a Mobile Enterprise Application Platform (MEAP) da Magic Software, clique aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.